Quase? Não.

Pois, não foi desta que o Vicente teve alta… Os médicos consideraram que ele ainda precisa de apoio e de vigilância. Como tal, a estadia dele na clínica mantém-se e eu continuo por cá.

Esperava que as coisas fossem diferentes e, agora, tenho que manter-me calma. Até porque prefiro que tudo seja feito como deve ser, sem precipitações.

Vou dando notícias.

 

Cláudia

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>