Notícias

Voltei a esta pastelaria maravilhosa e posso, finalmente, escrever-vos.

Quero explorar a cidade e trazer-vos registos. Há muito por descobrir e tenho bastante em que pensar. A casa ainda não está completamente organizada. Os caixotes ainda não chegaram e começo a sentir falta de algumas coisas que lá estão. Enfim, o que me resta? Aguardar.

Com o Vicente está tudo bem. Vai fazer exames para, depois, iniciar o internamento.

 

Até já

Cláudia

Mudança

Ainda a tentar compor as coisas, a casa, conhecer o novo espaço que nos envolve. O Vicente também se está a preparar para o tratamento. Ainda não tenho internet em casa, por isso, aproveito os momentos em que venho ao café para criar novos posts. Está tudo a andar, é o mais importante.

Mandámos vir algumas coisas nossas de Lisboa e estou desejosa que cheguem.

 

Até já

Futuro

Neste momento, estamos a organizar-nos, a pôr em ordem algumas coisas, a tratar de documentos e a resolver pequenas questões que estavam pendentes.

Tenho uma vontade imensa de ser feliz e estou a apostar tudo neste momento da nossa vida. Eu e o meu marido ainda vamos voltar a ser felizes!

 

 

Mudança

Finalmente! Finalmente um bocadinho de paz e de harmonia. Parece que a nossa vida mudou e consigo vislumbrar, só um bocadinho, um futuro mais sorridente.

Sempre acreditei que seria possível saíres do fundo do poço, meu amor. Talvez a nossa vida possa ser diferente, aliás, atrevo-me a dizer: a nossa vida será diferente.

Sempre aos outros e não a nós

Pensamos que as coisas, as melhores e as piores, só acontecem aos outros.

No caso do alcoolismo, nunca pensei que invadisse a nossa vida. Contudo, invadiu. Chegou e instalou-se, devagar, em silêncio. Agora, queremos expulsá-lo e tornar a nossa vida num lugar de paz. Tenho toda a motivação do mundo para enfrentar esta doença e para ajudar o meu marido a curar-se.

Há dias em que percebemos que somos os outros dos outros.